O pet do tutor não quer comer, e agora?

O pet do tutor não quer comer, e agora?
É muito comum, na vida do profissional de pet sitter, ele não conseguir alimentar o animal.
Muitas vezes o animal, por sentir falta do dono, ou por causa da mudança na rotina, diminui a alimentação, ou pára completamente a comida.
É claro, que isso é desesperador, tanto pro cuidador quanto para o dono que está longe, sabendo que seu pet não está se alimentando direito.
Muitos pet sitters entram em contato em nosso e-mail veterinário perguntando, mas o que fazer, ele pode morrer?
Bem, primeiramente o que o cuidador precisa identificar é, ele está amoado? Isto é, ele está muito quieto e tristonho, ou ele está alegre, esperto?
A pausa da alimentação pode estar ligada a alguma doença, por isso verificar a mudança de comportamento é muito importante.
Se ele estiver amoado, contacte o veterinário, porém se ele estiver esperto, e normal, a diminuição da alimentação poderá ser comportamental.
Nesse último caso, você deve estimulá-lo a comer, pode ser com um sache ou lata misturado na alimentação, pode ser com um caldo de frango natural, que será jogado por cima da ração, ou até mesmo apenas umidecendo a ração com água morna.
Outra prática que pode estimular a alimentação, é brincar com o alimento, isso mesmo, jogar as bolinhas para ele buscar, dar na mão a ração, ou mesmo por dentro de brinquedos próprios para essa finalidade como a pet ball.
Mesmo que o cão e o gato não estejam comendo toda a alimentação, o pouco que ele comer já será o suficiente para que ele fique bem até a volta de seu dono, então não se preocupe tanto com a quantidade.
Essa dica e muitas outras você saberá em nosso curso completo e profissionalizante de Pet Sitter, para que você saiba como agir em todos os momentos que pode enfrentar.
Aproveite que a promoção do nosso curso vai até o final desse mês de Junho de 2020: http://mypetsnanny.com.br/curso-profissionalizante/
De R$399,00  por R$99,99 ou 10x R$11,42

Comentários

Adicione seu comentário