Coronavírus nos Cães e Gatos – Devemos nos preocupar?

Coronavírus nos Cães e Gatos – Devemos nos preocupar?

Com a onda mundial do coronavírus, apareceram diversas dúvidas se cães e gatos podem se contaminar também com o COVID-19 e se são possíveis transmissores da doença, por esse motivo resolvemos ajudar os tutores de animais com essas informações.

O coronavírus se iniciou na China, a princípio causado por ingestão de animais silvestres que continham um tipo específico de coronavírus. Com essa ingestão, começaram os primeiros sintomas e mortes. Por ser um vírus altamente contagioso, ele facilmente se alastrou por todo o mundo.

Porém, será que nossos animais domésticos são capazes de adquirir o vírus e transmiti-lo?

Nesse blog tiraremos as principais dúvidas e prevenções para esse caso.

1- Os animais domésticos são capazes de pegar o COVID 19?

Houve até agora um caso confirmado de um cão na China com um nível fraco de infecção pelo COVID 19, porém sem sintomas da doença. Segundo a OMS até o momento não há evidências significativas de que animais de estimação possam ficar doentes, porém estudos continuam sendo realizados para entender melhor como o organismo de cada animal pode reagir ao vírus.

2-  Como surgiu esse caso do cão na China?

Esse cão apresentou um nível fraco de infecção, segundo informações seus donos possuíam a doença. Logo foi uma transmissão humano -> animal, e não o contrário.

3- Se esse cão apresentou um nível fraco da doença, significa que ele poderia transmitir o vírus?

Esse cão foi colocado em quarentena para exames e não será liberado até que retornem resultados negativos. Segundo a professora chinesa da City university, Vanessa Barrs, esses resultados sugerem um baixo nível da infecção e assim como ocorreu com a SARS em 2003, cães e gatos que se infectaram, não apresentaram a doença e também não eram capazes de transmiti-la”, acredita-se que será o mesmo caso da COVID-19.

4- Não há outros tipos de coronavírus em cães e gatos?

Sim, há o coronavírus canino e felino, que são altamente contagiosos entre essas especies, porém que não são transmitidas aos seres humanos. E em alguns casos já existem vacinações para a prevenção.

5- Uma pessoa infectada pode ficar próxima de seus animais de estimação?

A recomendação é que não, já que ainda faltam estudos conclusivos. Pelo que notou-se a contaminação nesse caso foi de ser humano para o animal, e não o contrário, porém como ainda faltam estudos mais aprofundados, caso o tutor esteja doente ele deverá se isolar de pessoas e animais.

6- Quais higienes devo ter com meus animais para evitar o coronavírus em casa?

As mesma recomendadas para as pessoas devem ocorrer durante o trato com os animais, como lavar as mãos antes e depois de mexer neles, utilização de álcool gel, evitar que ele lamba rosto e mãos também é uma prática recomendada.

7- Durante e depois do passeio com meus cães, devo me precaver de alguma forma?

Após manusear objetos do animal, ou mesmo o animal você deverá lavar bem as mãos. Objetos de uso comum, como guias deverão ser lavadas e trocadas sempre que possível, ou recomendação de luvas durante o passeio. As patinhas deles também poderão ser higienizadas com água e sabão neutro. O mesmo serve para gatos com acesso as ruas.

Na My Pet’s Nanny todos os nossos colaboradores estão sendo orientados para uma boa conduta de higienização com os animais de clientes!

 

 

Comentários

Adicione seu comentário