São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

Os gatos tem um vocabulário incrível! Eles ronronam, miam, assoviam, assopram, rosnam, fazem tantos sons que só quem tem um gato sabe como é.

O que é mais interessante é que donos de gatos sabem exatamente o que seu gato quer dependendo do jeito que ele miar… às vezes estamos na casa de um cliente que tem gato, o gatinho mia, e o cliente traduz, “ah ele quer que eu abra a porta para ele sair”, rsrsrs realmente demais!

Porém quando o miado começa a ficar algo muito constante, você deverá ficar atento, e tentar descobrir o que está acontecendo é imprescindível.

Vejamos aqui por quais motivos um gato poderá miar demais:

1- Cio/ acasalamento: os gatos não castrados, tanto machos quanto fêmeas podem ficar realmente muito barulhentos se entrarem no cio, ou se sentirem cheiro de uma fêmea no cio. Eles irão se roçar em tudo, irão miar, dar cambalhotas, e deixar seus donos de cabelo em pé. A maioria deles aproveitam a noite para ficarem ainda mais afoitos, então se prepare para noites mal dormidas, mas não adianta ficar bravo com ele, ele só está fazendo o que seu instinto manda fazer.

2- Pedido de atenção: muitos gatos são mais falantes que outros, eles realmente miam pra tudo, quando o dono chega, quando querem carinho, quando querem comida. Se seu gato é muito falante você deverá ficar mais atento caso ele para de miar, pois aí sim será um sinal que algo pode não estar bem.

3- Dor: Se seu gato não é tão falante assim como comentamos acima, e de repente ele começou a miar demais, ou é um miado estranho que você nunca viu. Junto do miado você nota uma agitação, ou um incomodo, provavelmente seu gatinho está com dor. Leve-o o quanto antes ao veterinário.

4- Tédio: muitos clientes relatam que os vizinhos estão incomodados com o gato, porque sempre que o dono sai ele começa a miar e não pára mais. Esses felinos ficam muitas vezes horas e horas sozinhos, presos numa casa ou apartamento. Quando o dono sai ele fica desesperado, pois não quer ficar ali sozinho, e começa a miar sem parar.

Se seu gato está fazendo isso, com certeza um cat sitter poderá auxiliar, e um trabalho de enriquecimento ambiental também será importante ser feito. Nesses casos nós da My Pet’s Nanny poderemos auxiliá-los!

5- Mudanças repentinas: o felino é um animal bastante sensitivo, qualquer mudança muito drástica na rotina da casa, ou mesmo mudança de casa, um animal novo, etc, qualquer coisa mais drástica poderá ser ruim para o animal, e ele poderá mudar seu comportamento. Uma das mudanças que podem ocorrer é miar mais do que antes. Tente deixa-lo o mais confortável possível, e dê um tempo para ele se adaptar a nova rotina, muitas vezes isso passa com o tempo, outras vezes não.

banner1

Andressa Gontijo – Médica Veterinária

× Como posso te ajudar? Fale conosco via WhatsApp