São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

Cães e gatos tem necessidades nutricionais diferentes e hábitos alimentares também diferentes!

Muitos donos de animais acreditam que o cachorro ou o gato está “enjoado” da comida, e por esse motivo estão comendo menos, ou até mesmo rejeitando a comida!

Então vamos explicar como isso ocorre nesses animais e como ajuda-los a melhorar caso você também esteja passando pelo problema!

NOS GATOS:

Os felinos, em sua maioria, possui neofilia, isto é, atração pelo novo. Eles gostam de testar sabores novos, e podem “enjoar” de um certo alimento. Trocar a alimentação pode ser uma estratégia interessante caso seu gato não esteja comendo muito bem! Porém também pode ocorrer exatamente o oposto, que é uma fixação por um alimento, isso ocorre mais quando o animal come o mesmo alimento por muito tempo, desde filhote. Eles acabam querendo aquele alimento sempre!

 

NOS CÃES:

Nos cães há duas linhas, uma que acredita que ele “enjoa” da alimentação e outra que acredita que ele não enjoa da ração. Normalmente a linha da alimentação natural acredita mais que eles enjoam, e os que seguem mais a linha das rações acreditam que eles não enjoam! Na minha opinião, pensando na natureza desses animais, sou mais do partido que eles não enjoem da alimentação, pois na natureza eles caçavam  as mesmas presas. Por esse motivo é possível sim você mantar o mesmo alimento para seu cachorro a vida toda (claro respeitando as fases dele de filhote, adulto e idoso, ou possíveis doenças que precisem de mudanças nutricionais). O que vemos muito comumente é que alimentos mal balanceados ou de baixa qualidade pode fazer com que o cão busque por outras fontes para suprir essa necessidade.

Outro hábito comum, são os donos que acabam oferecendo ao cachorro alimentos extremamente palatáveis como petiscos, ou a comida da mesa, fazendo com que o cão se acostume a pedir por esses alimentos, e passe a rejeitar a ração.

O QUE FAZER CASO MEU CACHORRO OU GATO ESTEJA REJEITANDO O ALIMENTO?

Caso você tenha trocado o alimento do seu gato por exemplo e ele não esteja aceitando, tente oferecer o que ele está acostumado, e num pote ao lado o novo, para que ele comece a se acostumar com aquele novo cheiro. Com isso eles podem em algum momento provar o novo, e aos poucos essa troca pode ocorrer. Busque também saber os sabores que ele tem maior preferência, para ter mais chances dessa aceitação ocorrer. Com cães além de tentar a mesma estratégia que os gatos, você também pode oferecer na mão no início para que ele prove o alimento.

Caso você perceba que provavelmente seu cachorro está deixando de comer a ração pois ele no final consegue outro alimento que quer, o ideal é que primeiro você interrompa esse hábito, pois ele não aceitará o novo alimento se você continuar proporcionando a ele a comida da mesa, por exemplo.

Por mais difícil que isso seja para você e para ele, é a única forma dele passar a aceitar o alimento oferecido diariamente!