Final de ano chegando, que tal um profissional para cuidar do seu Pet?

Final de ano chegando, que tal um profissional para cuidar do seu Pet?

Férias? Viagem de negócios? Internação médica? E agora, como fica o pet?

O serviço de pet sitter não só se profissionalizou no Brasil como também tem se tornado bastante necessário em um país que é o segundo maior na população de pets do planeta perdendo apenas para os Estados Unidos. Segundo o IBGE são cerca de 50 milhões de cães e 20 milhões de gatos, ou seja, mais de 70 milhões de animais, sendo que em 63% dos lares onde eles estão acomodados, são tratados com membros da família ou “filhos”, também segundo levantamento do IBGE.

Pensando nesse cenário, a veterinária Andressa Gontijo, especializada em fisioterapia, acupuntura e nutrição, criou em SP a pioneira My Pet`s Nanny em 2010, que não só oferecia cuidadores de animais domésticos, incluindo cães, gatos e silvestres, como também formava babás de animais com cursos espalhados pelo Brasil e ainda oferecia micro-franquias desse negócio tão emergente no país.

“Eu utilizei meus conhecimentos na área de saúde e comportamento animal para oferecer mais que um simples passeio recreativo ou companhia na ausência do dono. Queria pessoas que amam animais e devidamente capacitadas para entender o bichinho e deixá-lo completamente seguro e confortável dentro de sua própria casa”, explica a veterinária.

Além de treinar os cuidadores, Andressa inovou acrescentando ao serviço a “pet câmera”, por meio da qual o tutor pode acompanhar o atendimento ao seu bichinho durante todo o período de sua ausência. Faz parte do atendimento também um suporte veterinário ativo 24 h. A grande vantagem da pet sitter em casa é garantir a tranquilidade do bichinho, já que muitos podem ficar estressados e ansiosos quando sozinhos. Os cheiros, objetos e rotina do animal ajudam a acalmá-lo na ausência dos tutores.

Foi o que comprovou a cliente Juliana Frade de SP tutora da cadelinha Mussarela: “ É um verdadeiro alívio poder contar com o serviço da My Pet’s Nanny, pois sabemos que nossa filhota está em ótimas mãos enquanto estamos fora! Indico a empresa pra todos que têm algum bichinho de estimação. As pessoas ficam surpresas quando mostramos a atenção que as Nannys nos dão.”

O atendimento tem grande procura para o final do ano quando os donos viajam, por isso Andressa alerta, “quanto antes o cliente fechar mais garantido de conseguir a vaga na agenda dos pet sitters.”

A duração mínima do serviço é de meia hora podendo se estender a uma ou mais horas. A (o) nanny troca a comida, a água, limpa a caixinha de areia (se for gato), leva para passear e fazer as necessidades se for cachorro e faz um trabalho de interação criado pela própria empresa. Também cuida de aves, peixes, coelhos e outros animais legalmente admitidos como domésticos. Antes de iniciar as visitas, o cuidador de animais faz uma entrevista com os tutores e desenha o perfil do animal e sua rotina.

A My Pet`s Nanny atende o município de São Paulo, ABC, Osasco, Cotia, Barueri, Alphaville e Santos. Tem ainda pet sitters no Rio de Janeiro e Niterói, Belo Horizonte (MG), Curitiba (Paraná) e Brasília (DF).

Texto Jornalístico 

 

Comentários

Safira em 17/11/2016

Por favor envie mensagem para meu email, me informando sobre a possibilidade de deixar minha shih Tzu de 3 anos aos cuidados de um de seus profissionais no período de 30.12 a 02.01.2017, quando irei passar o final de ano em SANTOS,em um hotel. Como iniciaremos a contratação? qual o valor final do periodo compreendido entre essas datas? Quais os passos iniciais para o contrato, e principalmente o endereço deste alojamento.O responsável ira pegar o pet em nosso endereço. Vamos combinar essas questões para termos certeza do que estamos acertando. Fico agradecida,Se preferir entre em contato por telefone 11 868201905- Safira ou Marley.

admin em 23/11/2016

Olá, passamos sua solicitação para nossa central de atendimentos, caso não receba nosso email peço a gentileza que escreva para contato@mypetsnanny.com.br
Obrigada!

ELIZABETH LETRA em 18/11/2016

Olá gente!
Então,,,tenho uma Golden idosinha, de 13 anos, com problemas de artrose nas patas traseiras, toma remédio, não gosta de outros cães, é muito apegada a nós, vive dentro de casa, onde vamos ela vai atrás, cozinha, quarto, sala, pra todo lado.
Vou precisar viajar no início do ano, mas já estou quase desistindo por causa dela. Já estou preocupada antes de ir.
Será que vocês têm uma solução para eu viajar e deixá-la?

Abraços

Elizabeth

admin em 23/11/2016

Olá, passamos sua solicitação para nossa central de atendimentos, caso não receba nosso email peço a gentileza que escreva para contato@mypetsnanny.com.br
Obrigada!

lara em 20/11/2016

Boa noite. Minha filha quer fazer o curso aqui em BH.

admin em 23/11/2016

Olá Maciella, não teremos curso em BH ainda, mas teremos em SP, caso queira por favor entre em contato pelo e-mail comunica@mypetsnanny.com.br

Adicione seu comentário