Em quais Estados o uso da focinheira é obrigatório?

Em quais Estados o uso da focinheira é obrigatório?

Nós não somos contra nenhuma raça, muito pelo contrário, sabemos que o responsável por criar uma raça brava o não é seu tutor, porém algumas cidades e Estados, tem como uso obrigatório focinheiras e/ou enforcadores em certas raças ou misturas de raças.

Existem diversos tipos de focinheiras no mercado e saber qual a correta para seu cão é muito importante, nesse vídeo a Dra Andressa explica melhor sobre elas.

Essa lei muda um pouco de Estado para Estado, e em muitos Estados não há leis de fato e sim citações, sendo apenas uma especulação. Sugerimos que você busque essa informação diretamente com a prefeitura de sua cidade, caso tenha dúvidas se há lei em sua cidade.

De qualquer forma, fizemos um levantamento para tentar auxiliar você, mas como sugerimos, busque melhores informações em sua cidade, caso tenha dúvida:

1- Estado de São Paulo – em todo Estado é obrigatório o uso de enforcador, guia curta e focinheira nas raças mastim napolitano, pit bull, rottweiller, american stafforshire terrier; e raças derivadas ou variações de qualquer das raças indicadas nos incisos anteriores.

2- Estado de Minas Gerais – raças pit bull, dobermann, rottweiler e outros de porte físico e força semelhantes precisaram utilizar em vias públicas materiais de contenção incluindo a focinheira.

3- Estado do Rio de Janeiro- animais ferozes deverão andar de enforcadores e focinheiras, na lei para o Estado do Rio é considerado animal feroz “todo animal de pequeno, médio e grande porte que tem índole de fera e coloca em risco a integridade do cidadão”

4- Estado do Paraná- Os cães de raças notoriamente violentas e perigosas só podem ser levados aos parques, praças ou vias públicas, onde ocorra a presença de crianças ou pessoas indefesas, quando estiverem usando o equipamento de segurança conhecido como focinheira. Entende-se por cães de raças notoriamente violentas e perigosas aquelas cujos antecedentes registram ataques com danos riscos a pessoas; os cães de guarda treinados para ataque, ou aqueles que pelo porte e comportamento colocam em risco a segurança das pessoas.

5- Estado de Santa Catarina- Os cães das raças PitBull ou de guarda só podem ser levados aos parques, praças ou vias públicas, onde ocorra a presença de crianças ou pessoas indefesas, com a utilização de coleira, guia curta de condução, enforcador e focinheira. Apenas pessoas acima de 18 anos poderão circular com esses animais.

6- Estado do Rio Grande do Sul- são considerados cães violentos os integrantes das raças mastin-napolitano, bull terrier, american Stafforshire, pastor alemão, rottweiler, fila, dobermann, pitbull e seus respectivos cruzamentos, independente do porte, somente podendo serem conduzidos em parques, praças, vias públicas, se usarem coleira, guia e focinheira, garantindo a segurança das pessoas. Além das raças citadas, os cães que possuam peso superior a 20Kg (vinte quilos) ficam proibidos de circular pelos logradouros públicos sem coleira, guia e focinheira, bem como conduzidos por pessoas que não tenham condições físicas para o adequado domínio do animal;

7- Estado do Espírito Santo- Vimos apenas a lei para Vila Velha e Vitória – O trânsito de animais pelos logradouros públicos, ressalvado o disposto no artigo anterior, só será admitido nas seguintes condições: I- Estar o animal portando a coleira de identificação; II – Estar acompanhado de pessoa maior de dezesseis anos, que o terá sob controle de suas mãos, através da alça de guia, ligada por um mosquetão a uma coleira de segurança, ou a um enforcador ou carrana, no caso de animal de médio ou grande porte; III – No caso de cães de médio e grande porte, de guarda ou policiais, ou ainda, de animais agressivos, independentemente do seu porte, deverão estes, além do disposto nos itens anteriores, estar equipados com focinheira capaz de impedir a mordedura.

8- Estado do Mato Grosso do Sul- cães das raças pit bull, rottweleir, doberman, bull terrier, pastor alemão, fila e outras raças afins com porte físico e força semelhantes são obrigados a utilizaram coleira curta, enforcador e focinheira.

9- Estado de Goias- Vimos apenas a lei para Caldas novas e Goiania – cães das raças mastim napolitano, pit bull, rottweiller, american stafforshire terrier; e raças derivadas ou variações de qualquer das raças indicadas nos incisos anteriores.

10- Estado de Mato Grosso- American Pit Bull Terrier, Fila, Rottweiler, Dobermann, Bull Terrier, Dogo Argentino, serão obrigados a ter registro, comprovar adestramento e vacinação, além de guia curta, enforcador e focinheira.

11- Distrito Federal- é permitida a permanência de cães nas vias e logradouros quando portadores de Registro Geral  Animal (RGA) e conduzidos com coleira e guia, por pessoas com tamanho e força necessários a mantê-los sob controle. Cães de grande porte, de raças destinadas a guarda ou ataque, usarão também focinheira quando em trânsito por locais de livre acesso ao público.

12- Estado da Bahia- A lei aparece apensa para alguns municípios, encontramos para Salvador e Valente – Os cães de grande ou gigante porte e/ou bravios deverão estar sempre acompanhados do responsável, além de ser obrigatório o uso de guia e focinheira quando em ambiente público ou privado de uso coletivo.

13- Estado de Sergipe- Encontramos a lei apenas para Aracaju – Todo cão, de médio e grande porte, somente poderá transitar em vias e logradouros públicos usando focinheira e quando seu condutor possuir capacidade física suficiente para contê-lo.

14- Estado de Alagoas – Para Maceió: cães de médio e grande porte deverão portar coleira, vacinação e focinheira

15- Estado de Pernambuco- a condução dos cães das raças Pitt-Bull e Rottweiler, inclusive produtos de cruzamento dessas raças deverão utilizar em vias públicas equipamentos de contenção, como guias curtas, coleiras com enforcadores e focinheiras.

16- Estado da Paraíba- Para João Pessoa: cães das raças American Pit Bull Terrier, Fila, Rottweiler, Dobermann, Bull Terrier, Dogo Argentino e demais raças afins deverão portar coleira curta, enforcador e focinheira.

17- Estado de Rio Grande do Norte- Todos os cães deverão ser conduzidos com guia, coleira e/ou peitoral de conformidade com o porte do animal, nas vias públicas do Município; § 1º – Os cães das raças potencialmente agressivas ou visivelmente agressivas, quando estiverem em vias públicas, terão que fazer uso de focinheira/mordaça ou qualquer outro dispositivo de contenção que impeça acidentes por mordedura;

18- Estado de Ceará- Ficam proibidos, em todo o território do Estado do Ceará, a circulação e o porte, em áreas e vias públicas, de cães da raça pitt-bull, bem como de raças que resultam do cruzamento do pitt-bull. §1º. Os cães da raça pitt-bull, ou dela derivada, só poderão circular em logradouros, jardins e parques públicos no horário de 23 às 4 horas, e deverão ser conduzidos por pessoas maiores de 18 anos, através de guias com enforcador e focinheira. Não foi encontrada lei para outras raças além do Pit Bull.

19- Estado de Maranhão- Além das esterilização dos cães da raça pit bull no Maranhão existe esse texto:  A circulação de animais ferozes nos locais referidos no inciso II deste artigo será permitida desde que conduzidos por maiores de 18 (dezoito) anos, que deverão estar portando, obrigatoriamente, carteira de identidade, registro do animal junto ao órgão municipal e carteira de vacina do mesmo, devendo o animal estar portando guia com enforcador e focinheira próprios para a tipologia de cada animal. § 2º Considera-se animal feroz, para efeito do que determina esta Lei, todo animal de pequeno, médio e grande porte que tem índole de fera e coloca em risco a integridade do cidadão, mais especificamente, os cães Pit Bull.

20- Estado de Piauí- não foi encontrada informações

21- Estado de Tocantins- São considerados perigosos os cães das raças: rotweiller, fila, pastor alemão, mastim, doberman, pit bull, schnauzer gigante, akita, boxer, bullmatif, cane corso, dogue argentino, dogue de bordeuax, grande pirineus, komador, kuracz e mastiff, em vias públicas deverão portar a focinheira.

22- Estado de Rondônia- não foi encontrada informações

23- Estado do Pará- Para Bélem: Os cães das raças Pitbull, Rottweiler e Dobermam, mordedores e bravos somente poderão sair às ruas devidamente amordaçados ou portando focinheira.

24- Estado do Amapá- não foi encontrada informações

25- Estado de Roraima- O trânsito de animais em logradouros públicos somente será permitido quando não ofereçam risco à saúde e à segurança de pessoas, e em passeio público, focinheiras e coleira contendo número de registro, e em companhia do seu proprietário ou responsável, que responderão pelos danos que o animal causar a terceiros

26- Estado do Amazonas- não foi encontrada informações

27- Estado do Acre- A condução, em vias e praças públicas ou locais de acesso público, de cães das raças “pitt bull”, “rottweiller”, “pastor alemão”, “mastim napolitano”, “doberman”, “dogue alemão”, “boxer”, “bull terrier” e “fila brasileiro”, além de outras que poderão ser especificadas em regulamento, deverá ser feita sempre por pessoas com idade e força suficientes para controlar os movimentos do animal e com a utilização de coleira, guia curta de condução, enforcador e focinheira adequadas ao seu tamanho e porte.

 

Comentários

Anna em 24/05/2017

Desculpe, mas qual o número da Lei que dispõe acerca do uso de focinheira no Estado de Santa Catarina, pois não encontrei.

admin em 24/05/2017

Olá Anna acredito que seja na lei estadual nº 11.096/1999, na verdade não temos as leias aqui, foi feito um levantamento por Estado para encontrarmos o que era permitido ou não, no caso de SC não podem andar sem focinheira raças como o pit bull, cães de guarda ou raças ditas como violentas.

Israel em 15/01/2019

A de Minas tá um pouco errada pois lá fala dessas raças q foi citada no texto, e diz ; Cachorro que carrega o DNA de alguma dessas raças tbm e obrigatório. O PM tentou chamar minha atenção pois tava com o Bully e falei isso pra ele, o mesmo fico puto.

José Arildo Mendes da Costa em 07/06/2017

Na rua onde moro tem vizinho quê toda vez que ele sai pra rua com o seu Pitbul,ele leva o mesmo só na colera, e quando o cachorro me vê ele late e avança pra cima de mim,o quê fazer nesta situação?

admin em 09/06/2017

Oi José complicado mesmo, é lei a focinheira em são paulo, você poderia se informar em alguma base policial da sua região!

Se vira em 14/01/2018

Atravessa a rua

Jean Carlos em 06/08/2018

Idiota, resposta de um imbecil

João Vitor em 06/05/2018

Denunciar pro controle de animais

Felipe em 16/07/2017

Olá, eu tenho um Bull terrier super dócil e moro no interior do RJ, e quando alguém ou algum guarda municipal de bosta fala pra por focinheira nele, quem fica feroz sou eu, hoje deu muita vontade de voar no pescoço do guarda municipal babaca que veio me cobrando focinheira do meu cão hoje… chamando o Bull terrier de Pit Bull, o maldito nem conhece raças de cães e quer falar alguma coisa…

ACJR em 29/03/2018

Babasa é você, desrespeitando um servidor em serviço. Se ele se equivocar, informe a raça e mostre que o seu cão não oferece perigo. Agora, agindo de forma agressiva e grosseira (como você está indicando no poste acima), nada leva a crer que você seja um bom educador do seu cão (fora o fato de merecer toda a reprimenda que o Guarda Municipal achar que lhe caiba).

Luciana em 06/11/2018

Se o dono é agressivo imaginar o cachorro.

Kakau em 03/01/2019

Este Servidor Público é que deveria saber, afinal, essa é uma obrigação do cargo que ocupa. Tem obrigação de estudar e saber o que faz, com a certeza do que está cobrando, e não ficar no “achismo” e ter essas atitudes que não são pertinentes. Isso é uma falta de preparo e invasão ao direito do cidadão, o que só reforça a certeza de que temos muitos deles completamente desinformados e despreparados para lidar com a população. Se esse Guarda Municipal estivesse preparado, não haveria motivos para esse estresse que ocorreu, pois não chegaria cobrando algo que não procede. O respeito tem que ser mútuo, então se quer ser respeitado, respeite.

Regina em 08/08/2019

Parece que o dono tb deve usar focinheira nesse caso. Lei é lei e ponto. Qual parte da lei vc não entendeu?

Rael em 15/01/2019

Mano, vc e q nem eu. Hj um PM q não entende de lei vem dizendo q ia tomar meu cachorro da próxima vez q tiver sem focinheira, pois meu cachorro não se enquadra na lei, ele é Bully aí eu disse q amanhã vou passar la.

Samuel em 05/04/2019

Já aconteceu comigo, tenho um dobermann adestrado e o guarda veio querer dar uma lição de moral mandando eu ir pra minha casa na mesma hora com o meu cachorro por não estar usando fucinheira, eu provei pra ele que meu cão não oferecia risco dando o comando de ataque no policial, meu cachorro foi pra cima do guarda e eu dei o comando pra ele parar, o guarda ficou em choque e só falou “tenta só não passar perto das pessoas que eles vem denunciar e fica chato pra mim” kkkkkkkkkk, mas não aconselho.

Regina em 08/08/2019

Mais um babaca dono de cachorro agressivo se achando na razão…ta explicado que os donos sao piores que os cachorros que matam…

Davi faraco em 25/07/2017

Oi tenho um pastor suiço sou de florianopolis santa catarina eu posso passear com ele na rua sem o uso da focinheira

Antonio Donizetti em 25/07/2017

Qual a legislação no Distrito Federal que determina a possibilidade de cães entrarem em ambientes coletivos e aquela que determina o uso de focinheira para cães de grande porte ou guarda?

Abimael Gustavo em 05/08/2017

Ando com a minha APBT sempre depois da meia-noite, nesse horário sou obrigado a usar focinheira?

admin em 07/08/2017

Na lei não diz sobre horários, então em teoria você acreditamos que deve utilizar em qualquer horário!

Mônica Chagas em 14/08/2017

Boa tarde. Sou jornalista e estamos produzindo uma matéria sobre o assunto. Vocês têm o número da lei do Paraná?
Obrigada

admin em 23/08/2017

Oi Monica infelizmente não temos a lei pois já faz tempo que foi feita essa pesquisa!

Lucas Afanasiev em 25/08/2017

Olá Bom dia.
Sou de São Paulo e moro em um condominio… Existe um PetPlay aqui e estão alegando que minha PitBull tem de usar focinheira dentro do PetPlay… Sendo que não há nenhum histórico de agressividade vom ela
Isso é válido? Pois não é um espaço público e muito menos frequentado por pessoas.. É uma area reservada ao lazer dos caninos…

Agradeço desde já!

admin em 25/08/2017

Oi Lucas isso dependerá das regras do condomínio, se seu condomínio obrigar o uso, aí acredito que você tenha que utilizar!

Evaldo em 02/09/2017

Boa Noite!
O Decreto 48533/04 da Ass. Leg. De SP. Estabelece regras de segurança para a condução responsável de cães, nos termos da Lei nº 11.531, de 11 de novembro de 2003.
A exigência de focinheira paras as raças “mastim napolitano”;”pit bull”;”rottweiller”;”american stafforshire terrier”; raças derivadas ou variações de qualquer das raças indicadas, é apenas para centros de compras ou demais locais fechados, porém de acesso público, eventos, passeatas ou concentrações públicas realizados em vias públicas, logradouros ou locais de acesso público a condução dos cães das raças abrangidas deverá ser feita sempre com a utilização de coleira, guia curta de condução, enforcador e focinheira.
No decreto não exige focinheira para condução em vias publicas logradouros ou locais de acesso público.

Matheus em 28/10/2017

olá boa noite
olha só eu não estou mais aguentando, não estou dando conta, uma hora vou sair de mim e não vai dar certo !! um colega meu tem uma pitbull, MEG elá é muito linda, eu chamo ela de princesa ela está com 8 meses, ela é muito dócil, gosta de brincar de correr, tomar vento na cara que nem eu, eu saio correndo na rua com ela e ela fica com a boca aberta e língua pra fora para assim respirar, baba muito, e todo mundo tem medo dela, isso eu não dou conta, se ela está sem focinheira é pq ela é mansa e eu tenho essa liberdade, ja peguei ela varias vezes no colo, beijo no canto da boca dela, sou apaixonado nela e ela em mim, adoro correr com ela e ver a lingua dela pra fora e ela cansar

Carolina Bosco em 31/10/2017

Esse problema precisa ser devidamente regulamentado. Você conhece o cão e se diz livre para passear com ela livre, correndo ao vento. Muito lindo, mas as outras pessoas não conhecem o cão e nem você, seu caráter e nível de responsabilidade pessoal. E as outras pessoas também são livres para passear tranquilas e sem medo , sozinhas ou com seus próprios cães, os quais também devem estar devidamente conduzidos por guia, com ENFORCADEIRA e coleira. Assim, ninguem se assusta ou se machuca e todo mundo fica feliz.

Daros em 23/01/2018

Lei existe para ser cumprida. País que ajusta às necessidades ou desejos individuais “ilegalmente” ainda que justificável, como seria o caso da MEG, com território de 8,5 milhões de km2 e população de 205 milhões de habitantes não é um Estado Democrático de Direito. Infelizmente ele existe: o BRASIL do jeitinho, da bagunça e da corrupção. Daros

Luiz em 21/02/2018

O meu rottweiler acabou brigando com outro cachorro na rua ele estava sem focinheira e no meu Estado é obrigatório uso de focinheira e eu queria saber se sou obrigado a pagar o veterinário do outro cachorro

admin em 22/02/2018

Como é lei a focinheira para certas raças, o ideal é que você pague sim o veterinário!

Paulo em 05/03/2019

É o mínimo que você deveria fazer, independente de lei, seu irresponsável.

Lineu em 12/03/2018

Lineu,

Qual o número da lei que obriga uso da focinheira em cães de certas raças em Mina Gerais?

Jaqueline em 02/04/2018

Moro em curitiba Pr
Aqui na minha rua tem um casal que anda com dois pitbulls e não usam fucinheira ,e hje minha filha e suas amiguinhas estavao brincando com o cachorrinho dela na rua ,e os donos do pitbull estavao saindo para passear cm eles, e o cachorro se soutou e foi pra cima do cachorrinho da minha filha só que por sorte q ele correu bm rápido, e não consegui pegar ele ,só que minha filha ficou muito assustada chorou muito… pq estava bem perto e quase correu para proteger o cachorrinho dela…
Conversarmos com os donos dos cachorros numa boa para que eles uzem uma fucinheira neles pois na nossa rua tem muitas crianças e inclusive minha filha sempre vai andar de patins e levar seus cachorrinhos para passear…
E eles falaram que não vão colocar fucinheira neles de geito nenhum!
Alguém pode me dizer aonde posso recorrer para fazer uma denúncia já que ele não quis entrar em um acordo?
Quero resolver isso antes que aconteça uma tragédia!

admin em 02/05/2018

Você deve entrar em contato com a prefeitura da sua cidade ou mesmo com a policia, eles poderão te orientar melhor com relação a lei, e o que pode ser feito!

Regina em 08/08/2019

Estou vivendo a mesma situação só que numa vila fechada com apenas 6 casas o vizinho trouxe um pitbull e acabou a paz. Os cachorros d vila que saiam e se davam super bem não se vêem mais. Não saem de casa. Os idosos em sua maioria na vila estão com medo de molhar um vaso de plantas e serem atacados pois os donos sao negligentes e esse cao foge. E ja intimidou vizinhos mas o dono é um idiota e a mulher dele outra imbecil…eles se gabam que agora a vila é só do monstrengo deles é que acabou a vez dos pequenos cães…o que fazer com um imbecil desses???

Waleska em 26/05/2018

No Rio de Janeiro não é especificado focinheira para o pastor alemão. Pode meu condominio obrigar o condomino a usar a focinheira no cachorro, isto é, a lei do condomínio pode sobrepor a do estado??

admin em 29/05/2018

Acredito que o condominio pode sim ter regras próprias, mas não tenho certeza!

Katia Fava em 28/06/2018

Bom dia,
Voce pode me ajudar a entender melhor, o fato de eu ter que colocar focinheira na minha Pitbull? A Constituição me protege em passear com a minha Gaya, dócil sem focinheira – O síndico não pode obrigar ninguém a colocar focinheira nos animais dóceis, independentemente do porte. Esse tipo de norma, comum nas convenções, causa desconforto desnecessário ao cão, e configurando crueldade e crime de maus-tratos (Art. 32 da Lei Nº9.605/98 e art. 3º, I do Decreto Nº24.645/34). Moro em um Condominio de casas, e estou sendo empedida de andar com a minha cachorra , sem focinheira, e pela Lei do Estado de São Paulo, sou obrigada a usar a focinheira. O que fazer e a quem recorrer para que eu faça o direito da minha cachorra, de passear comigo todas as manhãs, com enforcadeira e guia curta, porém sem focinheira, ela não aceita, se machuca tentando retirar esfregando o rosto no asfalto, já tentei, vou ter que deixar minha cachorra morrer por estar ganhando peso e não se exercitando? Por gentileza me ajudem, estou preocupada com o bem estar dela, uma vez que é uma Pitbull do Paraguai, como chamamos ela aqui em casa por ser muito dócil e até medrosa, já foi atacada duas vezes por cachorros de porte pequenos aqui no condominio e nem rosnar , rosnou a nenhum deles…

admin em 29/06/2018

A lei do Estado de São paulo é que essas raças são obrigadas a usarem a focinheira, mesmo sendo mansas, porém seu prédio pode ter uma politica própria, se não me engano cada condominio pode ter suas próprias regras.

evair zucckini em 08/09/2018

Boa tarde referente aos cães de grande, médio porte em parques , praças e via publicas , Eu moro em Florianópolis , Carianos Santa Catarina Sul da Ilha e por motivo de saudê Tenho Necessidade de caminhar diariamente meu trajeto é ( aeroporto Hercílio luz av. Diomiçio de Freitas ate o viaduto da costeira com rio tavares entorno de 6 km ida e volta e neste trajeto com mais frequência aos fins de semana varias pessoas com seu cachorro de porte grande e médio de todas as raças caminhando sem a a focinheira que é obrigatoriamente por lei numero 2140 de 2011 sendo em certos casos o condutor ate menor que o Cachorro Antes que aconteça algo grave gostaria de registrar este alerta as autoridades responsáveis a um alerta a população ( não sou contra o lazer dos animais mas sou amante da segurança dos transeuntes ) Muito Obrigado .

Gabriel em 21/09/2018

Agora vocês me deixaram confuso.

Na página acima vocês me dizem:
“2- Estado de Minas Gerais – raças pit bull, dobermann, rottweiler e outros de porte físico e força semelhantes precisaram utilizar em vias públicas materiais de contenção incluindo a focinheira.”

Olhei em dois sites:
https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=LEI&num=16301&comp=&ano=2006&aba=js_textoAtualizado
http://www.leisestaduais.com.br/mg/lei-ordinaria-n-16301-2006-minas-gerais-disciplina-a-criacao-de-caes-das-racas-que-especifica-e-da-outras-providencias?q=16301

O que encontrei em ambos os sites perto do que vocês citaram aqui foi:

“Art. 1º A criação de cães das raças pit bull, dobermann, rottweiler e outros de porte físico e força semelhantes, segundo classificação da Federação Cinológica Internacional – FCI, e de seus mestiços será regida por esta Lei.

Art. 6º Na condução em via pública e no transporte de cão das raças a que se refere o art. 1º desta Lei, é obrigatória a utilização de equipamentos de contenção do animal.”

Não cita uso de focinheira. Entende-se por “contenção” equipamentos que contenham qualquer ação indesejada do animal, papel este que equipamentos como enforcadores e guias cumprem bem (eu tenho 100% de certeza que com um enforcador e uma guia eu consigo segurar meu Rottie e qualquer outro).

O que encontrei foi o PROJETO DE LEI Nº 4.546/2013 que altera a Lei nº 16.301, de 7 de agosto de 2006:
“Art. 7º – Na condução em via pública e no transporte de cão das raças a que se refere o art. lº desta lei, é obrigatória a utilização de equipamentos de contenção animal, incluindo focinheira, que permitam a normal respiração e transpiração do animal.”

Aqui sim especifica uso de focinheira, mas, até onde eu sei, é um projeto de lei.

Everton em 12/10/2018

Queria saber se também é obrigatório e se a partir de algum horário não há necessidade para pastor alemão, dog alemão e labrador em Goiânia como faço?

Leticia em 13/12/2018

Se o cachorro não está com fucinheira onde faço a denúncia?

Matheus Luiz Oliveira em 21/01/2019

Gostaria de saber se meu Pastor Alemão necessita de focinheira ?, pois procurei em diversos sites e não encontrei algo especfica a raça de usar a focinheira .

ERLON FERREIRA DE SOUZA em 22/03/2019

Moro num prédio no Rio de Janeiro e tem um cachorro pequeno mas muito agressivo e barulhento como posso denunciar a proprietária do animal para dar um calmante para seu cachorro?

Um pudle porte médio atacou meu rottweiler na rua, eu estava passeando tranquilamente quando o cão descontrolado e super agressivo, saiu da casa e veio morder meu rottweiler, obviamente ele apanhou muito, eu me pergunto, se eu tivesse colocado funcinheira no meu rot, ele estaria todo deteriorado, sem a minima chance de se defender, nesse caso quem é o errado? O cão na minha guia eu tenho o controle, o problema é que as pessoas querem andar com cães soltos na rua, e não tem a mínima ideia de como ele pode se comportar, essa situação que citei acima se repetiu umas 5 ou 6 vezes em 10 anos.

Não podemos apenas tirar a forma de se defender de uma raça ou duas, ou serve para todos ou não serve pra ninguém, porque a raça pitchen é uma das mais agressivas que eu já vi, a grande diferença é o pitchen você mata em um chute, o rottweiler não, mas se você parar pra pesquisar o pitchen ataca mais que um rot, um apbt, e outro qualquer, eu acho que o direito a igualdade previsto na constituição Federal de deveria abranger todos os tutores de qualquer cão, independente de taca porte e temperamento.

Logo,se não há isonomia nessa “lei” não lógica, quem criou essa lei não tem a mínima ideia do que é criar um cão, ou ao menos passear com um cão.

Sou do estado de PE. E graças a Deus moro no interior .

Ivanildo Rodrigues do Nascimento em 23/08/2019

Olá bom dia!
Gostaria de saber número da lei no estado da PARAÍBA que e5 obrigatório o uso de guia curto e funcinheiras nos cães Pitbull rottwaille entre outros?
Att Ivanildo

Olá bom dia!
Gostaria de saber número da lei no estado da PARAÍBA que e5 obrigatório o uso de guia curto e funcinheiras nos cães Pitbull rottwaille entre outros?
Att Ivanildo

Luís felipe em 19/01/2020

Acho ridículo colocar algo tão bárbaro como uma focinheira ou enforcador. Pelos nomes percebe-se que não são muito confortáveis para os cães. Trata-se de um preconceito, criado por pessoas que usavam esses cães para rinha e os aprisionam para deixá-los mais nervosos para atacar ou não adestrar e socializar seu cachorro antes de passear. E, em vez de os outros tutores e cidadãos ajudarem a curar esse tralma, o pioram, impondo leis ultrapassadas e não agindo da forma correta.
As verdadeiras vítimas são eles, os horrorosos pitbulls e rottweilers( o qual tenho um filhote).
Enquanto a sociedade não percebe isso, os domingos de cachorrinhos que mais parecem ratos, e que são mais desobedientes , ganham e o preconceito continua.

Luís felipe em 19/01/2020

Acho ridículo colocar algo tão bárbaro como uma focinheira ou enforcador. Pelos nomes percebe-se que não são muito confortáveis para os cães. Trata-se de um preconceito, criado por pessoas que usavam esses cães para rinha e os aprisionam para deixá-los mais nervosos para atacar ou não adestram e socializam seus cachorros antes de passear. E, em vez de os outros tutores e cidadãos ajudarem a curar esse tralma, o pioram, impondo leis ultrapassadas e não agindo da forma correta.
As verdadeiras vítimas são eles, os horrorosos pitbulls e rottweilers( o qual tenho um filhote).
Enquanto a sociedade não percebe isso, os domingos de cachorrinhos que mais parecem ratos, e que são mais desobedientes , ganham e o preconceito continua.

Adicione seu comentário