São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

É muito comum vermos pessoas se auto-medicarem, sem a ciência de seu médico, as pessoas chegam em uma farmácia, compram um medicamento, muitas vezes simples, para uma gripe, e tomam!

Porém para os animais isso é muito maior, infelizmente muito proprietários vão até a internet e descobrem sobre um medicamento bom para curar tal problema do cachorro, ou conversam com um vizinho e fazem o tratamento que o gato dele fez! Ou ainda pior, se utilizam, de seus próprios medicamentos para tratar dos problemas de seus Pets.

Medicamentos humanos, muitas vezes não foram testados em cães e gatos, para termos a total tranquilidade de seus efeitos e benefícios, é por esse motivo que existem os medicamentos veterinários, com dosagens próprias, e princípios ativos próprios.

Não que não existam medicações similares, que podem ser dadas, mas sempre deve-se ser receitada por um veterinário para o seu cachorro ou gato.

Existem diversos princípios ativos que são muito perigosos para os animais, já outro medicamentos que não são perigosos, porém que tem um uso indiscriminado, como por exemplo o Dramin. Muitos tutores dão o Dramin sempre que podem para seus pets, quando vão viajar com eles, quando os animais estão estressados com o barulho, etc. Embora o Dramin seja seguro para tratar um enjoo, por exemplo, ele também deve ser prescrito pelo seu veterinário, e o uso deve ser controlado, inclusive sua dosagem, já que altas doses de Dramin podem trazer uma intoxicação para seu animal!

Toda auto medicação pode ser perigosa, e para nossos pets mais ainda! Gatos intoxicam com grande facilidade com diversos medicamentos, inclusive medicamentos veterinários de cães, por exemplo.

Veja aqui alguns medicamentos perigosos para seu Cachorro:

Diclofenaco de Sódio

Diclofenaco de Potássio

Paracetamol (uso controverso)

Cloridrato de fenazopiridina

Para gatos, além desses temos muitos outros como:

Acido Acetil Salicilico

Piroxicam

Pseudoefedrina

Iboprofeno

Antes de utilizar qualquer remédio no seu animal, seja ele oral, ou mesmo tópico, converse com seu veterinário.