São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

Você sempre sonhou em ter um cachorro, mas acha que ainda não está pronto para isso?

Listamos aqui 7 sinais que mostram se você está pronto para ser dono de um animal, (essa lista deveria ser seguida por todo dono de bichos)! A posse responsável é imprescindível para qualquer pessoa que queira ter qualquer tipo de animal!

1- Você tem tempo para socializar e treinar seu cão?

Socializar e treinar um cão é algo que leva tempo e dedicação do dono. Mostrar a ele, onde deve-se fazer as necessidades, como se comportar com as visitas, aceitar que mexam em seus objetos, que não morda a criança da casa, dentre outras coisas que são importantes para que você não tenha problemas com seu peludo! Mesmo que você contrate um adestrador, ainda assim será importante a dedicação diária do dono nessa construção!

2- Ter o cachorro certo para seu estilo de vida:

Não adianta você sonhar em ter um border collie, se você mora em um apartamento de 50m² e passa 12 horas por dia fora de casa. A não ser que você o deixe com um dog walker diariamente ou em uma recreação. Considerar o melhor pet para seu estilo de vida é muito importante! A mesma coisa vale para a idade do animal, filhotes costumam exigir mais tempo de seus donos, diferente de adultos, talvez o ideal seja adotar um cão adulto por exemplo, que pode ser excelente para seu estilo de vida atual! Isso também vale para pensar em outros pontos como por exemplo, se seu filho tem alergia, talvez um cão que caia muito pelo não seja o ideal, é melhor buscar um com menos quedas! Pensar, e estudar cada opção de animais te ajudará a ter menos problemas futuros!

3- Você está pronto financeiramente para cuidar de um animal por toda a vida dele?

Animais dão gastos, não adianta achar que não terá nada a gastar, a não ser a ração dele. Animais precisam de veterinários, acessórios básicos, um cuidado adicional quando você viaja, por exemplo, dentre outros gastos que podem aumentar conforme ele ficar idoso, como medicações! Seu pet pode viver muitos e muitos anos, e esse gasto estará com ele durante toda sua vida!

4- Você está pronto para alguns estragos ou mudanças na sua casa?

Nem é preciso ir muito longe para saber que muitos filhotes roem as coisas de seus donos no início de suas vidas. Outros demoram mais para aprender a fazer o xixi no lugar certo. Alguns animais tem reações como arranhar a porta quando estão sozinhos, ou latir demais. Gatos podem arranhar seu sofá, precisam de cuidados como telas nas janelas. Você está pronto para coisas assim? Para não se apegar tanto a coisas materiais? Está pronto para possíveis pelos na casa? Você pode não ter tantos problemas como esses, como pode ter todos os problemas ao mesmo tempo, e não adianta querer dar o animal depois, é preciso ter tempo e paciência para treina-lo e entender de fato o que está acontecendo com ele, e escolher o animal mais correto para seu estilo de vida, conforme dissemos acima.

5- Todos da sua casa estão de acordo com a chegada do novo membro da família?

Você quer muito um cachorro, mas sua mãe ou esposa não. Aí você aparece com ele mesmo as pessoas não concordando. É claro que isso poderá dar problema. Pode ser que eles no final aceitem e amem o pet, mas pode ser que isso vire uma guerra na sua casa, e que o animal saia prejudicado nesse história! O ideal é que seja algo conversado na família, decidindo o melhor pet que todos gostariam de ter. Que seja combinado de quem será cada função com o animal, etc.

6- Você tem tempo para gastar a energia necessária dele?

Seu cão já está socializado e treinado, você se dedicou boas horas nesse trabalho, e acha que com isso cumpriu seu papel! Mas não é bem assim, para que ele continue mentalmente e fisicamente bem, é importante um gasto de energia diário, que precisa ser feito ou por você ou por um profissional. Muitos animais não recebem esse cuidado, e acabam desenvolvendo no futuro, grandes problemas de saúde!

7- O lugar que você mora permite animais? Se sim, sua casa está adaptada a ele?

Existem condomínios que não permitem certos animais. É importante se certificar disso antes de adquiri-los. Saber também se sua casa está pronta para o novo companheiro é importante: tem risco de fuga? Tem plantas ou objetos perigosos? Garagens que o animal possa fugir ou se machucar? Janelas com risco de quedas? Etc. Um animal é como uma criança, eles não tem conhecimento sobre o mundo, e podem se machucar facilmente!