São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

O comportamento livre dos gatos, sua independência e mistério acabam fazendo com que muitas pessoas não saibam ao certo como manejar esses animais, e claro sem querer acabam errando com eles, e até prejudicando sua saúde.

Os gatos são muito diferentes dos cães em quase tudo, alimentação, comportamento, doenças, etc, por isso algumas dicas de como manter seu felino mais saudável serão bem importantes.

Listamos aqui erros comuns que muitos donos de gatos acabam cometendo:

1- Voltinha pela rua: Pelo fato dos gatos terem um instinto de vida livre muito forte, adorarem dar uma voltinha pela rua, caçar uns bichos, e tomar um sol, muitos donos de gatos deixam com que eles saiam pois sabem que eles voltam, mas nem sempre isso ocorre. Um número altíssimo de felinos morrem nas ruas, ou por atropelamento, ou envenenamento. Além disso outro risco sério é dos gatos pegarem doenças de outros felinos, doenças muitas vezes incuráveis e que não existe vacinas, além de arranjarem brigas ou até mesmo se reproduzirem e deixarem seus herdeiros no mundo.

2- Alimentação excessiva: Como os felinos gostam de comer de pouquinho em pouquinho, os donos costumam deixar a ração à vontade o dia todo, porém isso faz com que os gatos passem a comer demais. O certo é que você saiba a quantidade correta de alimento diário de seu gato, e fracione essa quantidade em várias porções pequenas ao longo do dia.

3- Deixar a caixa de areia suja: Se tem algo que os gatos odeiam é ver sua caixa de areia suja, muitos protestam e fazem xixi e cocô fora da caixa, outros seguram até onde conseguem para fazer quando a caixa está limpa. Mantenha a caixa limpa diariamente.

4- Brinquedos errados: os gatos adoram um brinquedinho novo, porém cuidado com o que você está usando para brincar, como por exemplo bolinhas de alumínio que podem ser engolidas, linhas, e lãs. Tudo isso é muito perigoso para seu gato.

5- Utilizar medicações de cães nos gatos: não é à toa que a indústria farmacêutica fez medicações de cães e de gatos, isso tem um motivo, muitos princípios ativos são letais para gatos, e não são para cães por exemplo. Não saiam utilizando algo sem consultar um médico veterinário antes.

6- Cortar seus bigodes: Embora muitos achem que se você cortar os bigodes dos gatos eles perderão o equilíbrio, isso não é real, porém corta-los faz com que eles deixem de ter suas super “antenas” que os ajudam a “sentir” vibrações, calor, espaço entre as coisas, e também demonstrar suas emoções.

7- Assustar o gato: embora pareça divertido para alguns donos assustar seu felino com objetos, ou voz alta, isso só faz com que ele tenha medo de você e se torne arisco com outras pessoas ou objetos. Para um gato, esse tipo de ação não é nada positiva, e se ele se sentir muito ameaçado, isso poderá afetar seu comportamento no dia a dia.

Andressa Gontijo

Médica Veterinária e fundadora My Pet’s Nanny