São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

Não é nada fácil esse momento para os animais, para eles o ato de fugir de um barulho alto, é sobreviver de algo perigoso. Na natureza sons altos são realizados por trovões, por exemplo.

Alguns animais não se assustam tanto com sons assim, mas para isso houve uma dessensibilização, isto é, ele foi acostumado que aquele som é algo “normal”, porém outros animais entram realmente em pânico, por isso vamos listar algumas técnicas que vocês poderão fazer no dia dos fogos, ou até mesmo depois, pois é importante que ele vá se acostumando com o tempo, já que dificilmente as pessoas deixarão de soltar fogos.

1- Deixe seu pet longe do local dos fogos: parece óbvio, mas para animais que sofrem de muito medo, quanto mais distante estiverem dos barulhos melhor, por isso se você pretende levar seu cão para a praia, e sabe que ele sofre desse medo, pense duas vezes.

2- Deixe seu pet confortável: é importante que ele fique o mais confortável possível, muitas pessoas ficam tentando tirar o cão ou gato de onde ele está para “acalma-lo” mas as vezes é só pior, se ele se esconder, ele se sentirá seguro, só se certifique que o local é mesmo seguro e o deixe lá!

3- Abafe o som: fechar janelas e portas, e colocar um som no ambiente pode ajudar a abafar cada explosão

4- Faça o reforço positivo: Se seu pet não se esconder, tente dar um petisco a cada explosão, mostrando para ele que estar ali, sem reagir aos sons é algo positivo!

5- Gaste a energia dele: sempre costumo dizer que pet cansado não apronta e não estressa, então um bom passeio antes será muito bom, no caso de gatos, tente brincar bastante também!

6- Mostre calma: Seu pet entenderá sua energia, se você estiver muito assustado com o jeito dele, isso só piorará as coisas, converse com ele, mostre para ele que ele não precisa se preocupar com aquele barulho, fale firme, e mostre que está tudo bem.

7- Medicações e homeopatias podem ajudar: existem alguns medicamentos e homeopatias que ajudam a acalmar, mas alguns precisam ser ministrados antes do animal ficar muito ansioso, quando ele estiver muito apavorado poderá não resolver mais, consulte seu veterinário e veja qual o melhor a ser utilizado.

Lembre-se, mantenha seu Pet protegido, sem riscos de fugas, e sempre com identificação na coleira, não é raro um animal fugir em uma situação como essas.

Andressa Gontijo

Medica Veterinária

× Como posso te ajudar? Fale conosco via WhatsApp