São Paulo: +55 11 4172-5533 | Demais Localidades: +55 3003-0618 contato@mypetsnanny.com.br

Os focinhos dos cães podem sofrer pequenas alterações ao longo da vida, e isso é normal na grande maioria das vezes!

Existem muitos mitos que envolvem os focinhos, dos cães, como por exemplo focinho seco, ser febre. Nesse post (clique aqui) explicamos um pouco mais desse mito, porém existem sim diversas doenças que podem alterar a textura do focinho, ou mesmo sua coloração.

Tendem a ser doenças graves e que precisam do dono observando e levando ao veterinário caso note essas mudanças.

1- Câncer de pele:

Muitos cães de pele clara, tem também a região o focinho clara, e se esse cachorro passa muitas horas exposto ao sol poderá desenvolver câncer de pele. Os locais mais comuns desse câncer aparecer é a região do focinho, assim como base e ponta das orelhas. Caso note feridas nessas regiões, leve-o para o veterinário!

 

 

2- Lúpus canino:

Sim, cães também podem desenvolver doenças auto-imunes como o lúpus, e um dos sintomas é um desbotamento do nariz. Caso note essa alteração de forma brusca, leve-o no veterinário.

 

 

 

 

3- Vitiligo canino:

Outra doença que também pode ser auto-imune que os cães podem desenvolver, é o vitiligo, nela há um diminuição dos melanócitos, e com isso regiões escuras passar a ficar brancas. Pode ocorrer na região do focinho esse aparecimento, mas também em diversas outras regiões do corpo do cão. Fique atendo!

 

 

 

4- Cinomose:

Essa doença é extremamente perigosa, e pode levar seu cachorro a óbito, ou deixa-lo com sequelas. Mais comum em cães jovens sem vacinação, do que nos adultos, a cinomose tem como sintoma o aparecimento de um focinho áspero, rachado. Além disso outros sintomas também vão aparecer.

 

 

5- Hipotireoidismo canino:

O hipotireoidismo em cães ocorre quando há uma diminuição dos hormônios da tireoide. Diversos sintomas podem ocorrer, dentre eles uma despigmentação da pele, e consequentemente do focinho do cão.

Caso ocorra desbotamento, descamação, nariz seco, feridas e lesões, dentre outras alterações no focinho do seu animal, leve-o ao veterinário para um diagnóstico correto!